top of page
  • Christian Wolff

Três grupos equipados com coleiras




Três grupos de micos-leões-de-cara-dourada foram equipados com novos transmissores de coleira nas últimas semanas. Um grupo em cada uma das fazendas Bom Pastor, Santa Rita e Almada. As três fazendas fazem parte do programa de monitoramento de longo prazo em cabrucas. Grande parte dos habitats remanescentes do micos-leões-de-cara-dourada, ameaçado de extinção, encontra-se em Cabrucas. O projeto de longo prazo tem como objetivo entender por que os micos conseguem sobreviver em cabrucas e quais fatores-chave são fundamentais para isso. Na foto, você pode ver a plataforma na qual as armadilhas vivas são colocadas. Os micos só usam o chão para se locomover em casos excepcionais. Os animais capturados são anestesiados por um veterinário para trocar os transmissores e, em seguida, o estado de saúde do animal é verificado e vários parâmetros, como tamanho e peso, são registrados. Em seguida, os animais são liberados de volta ao seu habitat.



2 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page